ERA UMA VEZ UM PAÍS ASSIM

 

IMG-1314

 

ERA UMA VEZ UM PAÍS ASSIM – CONTAR BEM CONTADAS A DITADURA E A REVOLUÇÃO

1 a 7 de Abril | Teatro São Luiz

No País Assim chamado Portugal e durante 48 anos, houve uma Ditadura (palavra difícil). Dura e duradoura, estava aqui para ficar, e para mandar, e para controlar, e para meter assim dentro do coração das pessoas um medo gelado daqueles que circula pelo sangue todo. No meio desta noite de 48 anos, havia pessoas que, às escondidas, lutavam, lutavam, para que um dia chegasse uma outra coisa mesmo boa começada por L. E um dia aconteceu. Foi na noite de 25 de Abril de 1974. Essas pessoas que tinham lutado às escondidas, puderam agora sair para a rua a escrever a tal palavra – Liberdade. E foi quando começou uma coisa a que se chamou Revolução. As revoluções são ventos que revolvem tudo e deixam aquilo que conhecemos de pernas para o ar e fazem-nos descobrir coisas que ainda não conhecíamos.

Texto e direcção Joana Craveiro; Co-criação e interpretação  Estêvão Antunes, Francisco Madureira, Inês Rosado e Tânia Guerreiro; Música/Sons Francisco Madureira Figurinos: Ainhoa Vidal; Iluminação: João Cachulo; Produção: Cláudia Teixeira; Assistência de produção Elisabete Rito, Inês Minor e João Ferreira; Co-produção: Teatro do Vestido e São Luiz Teatro Municipal Agradecimentos Teatro Meridional

Joana Craveiro é artista residente do Teatro Viriato.  Elisabete Rito, Francisco Madureira, Inês Minor e Mafalda Pereira participam nesta produção ao abrigo de um estágio curricular da ESAD.CR

Mais informações aqui

Apoio: República Portuguesa – Cultura / Direcção-Geral das Artes

Digital_PT_4C_V_FC_CulturaLogos_Meridional_Horizontal-02

This entry was posted in TdV. Bookmark the permalink.

Comments are closed.