Estreia “Juventude Inquieta” | 16 a 31 Outubro | TNDMII

_JPS6459
(c)João Paulo Serafim

As utopias, sonhos e aspirações políticas de jovens de diferentes épocas.

Os sonhos e aspirações da juventude em diferentes épocas, sob inspiração do romance de Augusto Abelaira, A Cidade das Flores, de 1959. Passado em Florença, na época da ascendência do fascismo de Benito Mussolini, este livro tem-nos inspirado e levado a reflectir sobre a resistência ou a luta activa contra os sistemas autoritários – velhos e novos – e a inércia que se instala e à qual, em tempos, se dava o nome de conformismo, resignação, ou mesmo, colaboração. 

Escrevia Abelaira em 1961, “tenho esperança de que, dentro de 50 anos, a Cidade das Flores já não seja lida.” O seu desejo, contudo, não se cumpriu. E daí esta peça.

Juventude Inquieta cruza várias gerações de actores-criadores em cena, empenhados numa mesma pergunta: como se avança daqui para a frente, e haverá uma Cidade das Flores que nos espera?


Bilhetes à venda : TNDMII
4ª a sáb. 19h
dom. 16h

Continue reading

Posted in TdV | Comments Off

DENTRO DO ARQUIVO | ALTERAÇÃO DE DATAS DE APRESENTAÇÃO

Dentro do Arquivo
Uma criação do Teatro do Vestido

dentro do Arquivo da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

um espectáculo inserido na programação de “O Outro como epifania do belo”

NOVAS DATAS

Sessões às 16h e 18h, dos dias 1, 2, 3 e 5 de Setembro
Largo Trindade Coelho

Marcações/informações Serviço de Públicos e Desenvolvimento Cultural Direção da Cultura da SCML 21 324 08 69/87/89 culturasantacasa@scml.pt


8fa7418b-8ca6-890e-748f-720b3f8c797a

Foto ©SCML


Dentro do Arquivo

Estreado em Setembro de 2018, integrando a programação “Hospitalidade”, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Dentro do Arquivo é uma performance em percurso, por lugares habitualmente inacessíveis. Como processo, a equipa do Teatro do Vestido trabalhou na investigação e análise do arquivo da Santa Casa da Misericórdia. Depois do trauma da destruição dos arquivos iniciais da instituição no terramoto de 1755, a consciência da importância da memória e da preservação do arquivo instalou-se. Hoje, o arquivo da Santa Casa da Misericórdia fornece-nos um retrato social, político e económico de diversas épocas. Uma viagem intimista aos bastidores da memória, que é também um tributo ao paciente labor dos arquivistas.

foto

Condições de participação, tendo em conta as características do espaço e a actual situação pandémica: Max. 5 participantes por sessão. Obrigatória a apresentação de certificado digital COVID ou comprovativo de teste à COVID-19, com resultado negativo, realizado nas últimas 48 horas (teste rápido de antigénio – TRAg). Uso obrigatório de máscara. Desinfecção das mãos com solução à base de álcool, antes da entrada no arquivo. Respeito pelas regras de etiqueta respiratória. Respeito pelas orientações do percurso.

Posted in TdV | Comments Off

TEATRO DO VESTIDO NO FESTIVAL DE ALMADA

Viagem a Portugal
última paragem ou o que nós andámos para aqui chegar 

38º Festival de Teatro de Almada

Auditório Fórum Romeu Correia (Almada)
Qui. 22, Sex. 23, e Dom. 25 às 20h30 Sáb. 24 às 15h e às 20h30
Bilhetes à venda aqui

f8aff6cf-18c3-c7e4-12ff-fbe7e5f87e34

Foto ©Carlos Fernandes
“O viajante viajou no seu país. Isto significa que viajou por dentro de si mesmo…”
(José Saramago)

 

O Teatro do Vestido estará presente no Festival de Almada, com Viagem a Portugal.

Última paragem de uma longa série de reflexões sob forma de diferentes espectáculos, este projecto desenvolveu-se ao longo do ano de 2019, tendo começado no Minho, em Janeiro, estendendo-se depois a Alcanena, em Setembro, e, por fim, Viseu, em Dezembro.
Dezembro de 2019 antes daquilo (isto) tudo nos acontecer. A braços com o antes disto, que não queremos esquecer.

Um livro de José Saramago como mote, e um conto de Sophia de Mello Breyner, dissecados, também eles, ao longo de quilómetros de estradas a perder de vista.

“Afinal, que viajar é este?”, pergunta Saramago.

E, acrescentamos nós,

“Como viajar assim…?”

e,

“Para onde vamos, exactamente?”

e ainda,

“há um fim à vista?”

(a esta última questão seguiu-se um silêncio.)

*

O regresso do Teatro do Vestido a um dos mais importantes festivais de teatro do país, e o reencontro com o seu público tão especial.

Continue reading

Posted in TdV | Comments Off