Teatro do Vestido | Balanço 2021

Juventude Inquieta

270071306_5262782417085002_1351097171616645345_n

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com ‘Juventude Inquieta’, o Teatro do Vestido ofereceu-nos mais uma obra-prima que resgata o bom nome do idealismo e nos põe a pensar como aqui se chegou e o que fazer para um dia destes arribarmos a algum lado onde a palavra progresso faça sentido.  - Rui Monteiro in Público, “Revista do ano” – 24/12/2021

Foto: Filipe Ferreira
Co-produção: Teatro do Vestido, Teatro Nacional D. Maria II, Teatro Viriato

 

Aquilo que ouvíamos

_JPS4257

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Desta vez, o ponto de partida foi aquilo que as pessoas como Joana Craveiro e outros elementos do Teatro do Vestido ouviam nos anos 80/90 – os discos, a rádio, os concertos. A música poderia ser uma fonte de prazer, um sinal de não conformismo e uma espécie de elo de ligação entre pessoas que nem sequer se conheciam. Fiel ao seu trabalho de teatro documental, Joana Craveiro inovou mais uma vez, criando um espectáculo para uma discoteca, que trabalha com mecanismos da memória e que convoca o formato de um concerto rock. – João Carneiro in Expresso , “Os melhores de 2021″ – 11/12/2021

Foto: João Paulo Serafim
Co-produção: Teatro do Vestido, EGEACProgramação para o Espaço Público, São Luiz Teatro Municipal

 

O Teatro do Vestido tem o apoio de República Portuguesa – Cultura | DGARTES

Posted in TdV | Comments Off

Viagem a Portugal – Paragem Alentejo

Mapa Alentejo
O Teatro do Vestido retoma o trabalho de pesquisa e recolha de vivências e histórias de vida, nas localidades de Santiago do Cacém e Odemira.
Fiquem atentos aos nossos Diários de Campo.
Viagem a Portugal – Paragem Alentejo é uma co-produção com Lavrar o Mar , e tem estreias marcadas para Fevereiro e Março 2022.
O Teatro do Vestido tem o apoio de República Portuguesa – Cultura | DGARTES
Posted in TdV | Comments Off

“Elas também estiveram lá” distinguido com a Menção Especial do Júri em Festival de Cinema

 

Captura de ecrã 2021-11-18, às 12.06.50

 

O júri do festival Olhares do Mediterrâneo – Women’s Film Festival, constituído pela cineasta portuguesa Margarida Gil, pelo director do Beitut International Women Film Festival Sam Lahoud e pela cineasta eslovena Sonja Prosenc, distinguiu o filme “Elas também estiveram lá” com Menção Especial do Júri, no passado domingo dia 14 de Novembro.

Pela imensa criatividade, mistura de formatos, do teatro à reportagem, filme de arquivo e linha pedagógica e uma rara erudição de Cinema, a fazer evocar as Histoires du Cinéma de Godard, bem como a explícita citação de filmes portugueses. Mostra trabalho, ideias de cinema, inteligência e humor.


O filme foi apresentado pela primeira vez em sala na 8ª edição do festival internacional dedicado à cinematografia feminina, no Cinema São Jorge, após ter estado disponível online em Abril de 2021 no âmbito da programação da EGEAC Abril em Lisboa.

Objecto artístico híbrido, seguindo a linguagem de uma historiografia e etnografia poéticas levadas a cabo pelo Teatro do Vestido, o filme retrata e conta a vida de diversas mulheres e o seu papel em momentos determinantes da história portuguesa recente, bem como efectuando uma cartografia afectiva de lugares e da sua relação com as mulheres que os percorreram. 


Elas também estiveram lá, originalmente um espectáculo de teatro estreado em 2018,  foi nomeado para melhor Texto Português Representado pela SPA, em 2019.

Trailer disponível aqui.

Posted in TdV | Comments Off