Texto

MANIFESTO-ME 

Apresentação no Lavadouro de Carnide, Lisboa | 10 e 11 de Dezembro
Na primeira Criação performativa do projecto MANIFESTO-ME, Tânia Guerreiro, do colectivo TdV, convida Maria Gil.
“A premissa deste projecto é a mesma que assistiu a Esta é a Minha Cidade e eu Quero Viver Nela: um elemento da companhia convida um criador exterior para colaborar durante duas semanas, e o resultado é uma criação efémera que documenta esse encontro e, no caso específico deste projecto, a reflexão e manifestação activa sobre algo que se tenha muita urgência de dizer hoje, aqui onde estamos.”

Hoje cruzei-me e disse bom dia ao meu vizinho a quem dei o nome de “Senhor Francisco”.
Ele respondeu-me mas eu ainda não sei o nome dele.
Há uma frase de Benjamim que não me sai da cabeça: “As pessoas que estão encurraladas neste país perderam a percepção dos contornos da pessoa humana. Todo aquele que seja livre lhes parece um extravagante.
SERVIÇO EDUCATIVO
Laboratório sobre o espectáculo dias 10 e 11 de Dezembro, das 16h às 18h no Lavadouro de Carnide.

 

https://scamquestra.com/sozdateli/9-stanislav-kravcov-13.html

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>