Dia #4

Por Joana Craveiro

Inventário de Património

Do que elas fizeram entre ontem e hoje, gostaria de falar do Inventário de Património.
Será o #3 da nossa apresentação.

A ideia era organizarem todo o material produzido até ao momento e apresentá-lo não performativamente mas sim de uma outra qualquer forma. No fundo, o material gerar mais material, variações sobre o material primeiro, derivações, despojos, coisas, enfim.

Dá-me sempre ideia de que andamos às voltas com isto das súmulas e das organizações, mas é isso mesmo que nos leva a escavar. Nesta escavação encontramos algo que ainda não sabíamos que queríamos dizer. Afinal era isto. Ou não era isto mas tornou-se nisto.

É de facto simples, mas de aparência complexa. Fiquemos nesta ideia de que é simples, porque isso ajuda-nos nos momentos de aflição – que são muitos. Escrevi sobre a crise de ontem, mas não referi que o caracter chinês para crise é também representativo de oportunidade. Ainda não encontrámos as oportunidades do ontem, mas sabemos que elas estão lá.

Hoje a Inês multiplicou os diabos, as catástrofes dos diabos, uma planta dos diabos – “as plantas têm cicatrizes,” disse ela, “na vida há uma data de reis dos elfos, uns louros, outros morenos, outros de cabelos encaracolados, uns que falam e uns que não”

Há uma frase do Breton que sempre sonhei citar, vou fazê-lo agora:

“gostaria de saber-vos loucamente amada.”

Ontem a Tânia depurou o Jogo das Sete Vidas, na sua complexa cabala de números e palavras chave.
A Rosinda presenteou-nos com uma lição de geografia do Inventário do Matrimónio, protagonizado pela Pinguim.

Fechemos por aqui o sumário, que tem frio.

Ainda sem palavras suficientes para vos saudar, mas plena de convicção em expressões como até breve, até sempre, até à vista, até à próxima

Despeço-me uma vez mais.

https://scamquestra.com/sozdateli/9-stanislav-kravcov-26.html

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>